(1 votos)

Django

Classificação: M/12

Duração: 117 min.

País: França

Género: Drama

Estreia: 11-10-2017

Melodias de Django - antestreia 11 de Outubro às 21H30 na 18ª Festa do Cinema Francês - Em exibição a partir de 12 de Outubro. 

O primeiro filme realizado por Etienne Comar (argumentista de Dos Homens e dos Deuses) é dedicado ao lendário guitarrista de jazz, Django Reinhardt e retrata toda a sua versatilidade, paixão e fuga da Paris ocupada, em 1943, para escapar à política de extermínio levada a cabo pelo regime nazi. 

Django Reinhardt, interpretado por Reda Kateb (Um Profeta), foi o mais brilhante pioneiro do jazz europeu e o pai do swing cigano. 

A sua versatilidade foi ainda mais admirada, já que ele teve de se superar perante uma terrível adversidade. 

O cigano guitarrista perdeu o uso parcial da sua mão esquerda num incêndio em 1928. 

O perigo constante, a fuga e as atrocidades cometidas contra a sua família não conseguiram impedi-lo de continuar a tocar. 

Desde a sua morte em 1953, que a música e o estilo único de Django Reinhardt, tem inspirado os maiores guitarristas do mundo de Blues, Jazz, Pop, Country ou Rock como Jimi Hendrix, Jimmy Page, Carlos Santana, Eric Clapton…Todos o consideram como o primeiro “herói guitarrista” e o “mais influente”. 

Django retrata de forma envolvente um capítulo na vida agitada do músico e é também um comovente conto sobre sobrevivência.

Título original: Django
Data: 2017; Origem: França; Género: Drama; M/12; 117 Min.
Realização: Etienne Comar
Argumento: Etienne Comar com base na obra de Alexis Salatko
Produção: Fidélité Films, Arches Films, Moana Films 
Distribuição: Pris
Elenco: Reda Kateb, Cécile de France, Àlex Brendemühl, Maximilien Poullein, Ulrich Brandhoff, Alexandre Sauty, Aloïse Sauvage, Antoine Laurent, Gabriel Mireté

#Estreia #Cinema #filmes #UCICinemas #FestadoCinemaFrancês 

Selecione o seu cinema UCI

Django

Classificação: M/12

Duração: 117 min.

Género: Drama

Melodias de Django - antestreia 11 de Outubro às 21H30 na 18ª Festa do Cinema Francês - Em exibição a partir de 12 de Outubro. 

O primeiro filme realizado por Etienne Comar (argumentista de Dos Homens e dos Deuses) é dedicado ao lendário guitarrista de jazz, Django Reinhardt e retrata toda a sua versatilidade, paixão e fuga da Paris ocupada, em 1943, para escapar à política de extermínio levada a cabo pelo regime nazi. 

Django Reinhardt, interpretado por Reda Kateb (Um Profeta), foi o mais brilhante pioneiro do jazz europeu e o pai do swing cigano. 

A sua versatilidade foi ainda mais admirada, já que ele teve de se superar perante uma terrível adversidade. 

O cigano guitarrista perdeu o uso parcial da sua mão esquerda num incêndio em 1928. 

O perigo constante, a fuga e as atrocidades cometidas contra a sua família não conseguiram impedi-lo de continuar a tocar. 

Desde a sua morte em 1953, que a música e o estilo único de Django Reinhardt, tem inspirado os maiores guitarristas do mundo de Blues, Jazz, Pop, Country ou Rock como Jimi Hendrix, Jimmy Page, Carlos Santana, Eric Clapton…Todos o consideram como o primeiro “herói guitarrista” e o “mais influente”. 

Django retrata de forma envolvente um capítulo na vida agitada do músico e é também um comovente conto sobre sobrevivência.

Título original: Django
Data: 2017; Origem: França; Género: Drama; M/12; 117 Min.
Realização: Etienne Comar
Argumento: Etienne Comar com base na obra de Alexis Salatko
Produção: Fidélité Films, Arches Films, Moana Films 
Distribuição: Pris
Elenco: Reda Kateb, Cécile de France, Àlex Brendemühl, Maximilien Poullein, Ulrich Brandhoff, Alexandre Sauty, Aloïse Sauvage, Antoine Laurent, Gabriel Mireté

#Estreia #Cinema #filmes #UCICinemas #FestadoCinemaFrancês